• CONCERTOS
  • 26 de Junho 2015

    Peixe | Marco Luz

    Peixe promoFoto Adriana Oliveira

    .

    Peixe

    Veterano discreto da música portuguesa, Peixe tem vindo a deixar um cunho absolutamente admirável em cada etapa da sua vigorosa carreira. Se com os Ornatos Violetas edificou uma história de sucesso e de reverência junto do público, a fluidez e a liberdade criativa da sua guitarra conheceram outros felizes capítulos em bandas como Pluto, DEP ou Zelig. A linguagem sonora, essa, sempre revelou uma miríade de paisagens distintas e próprias de quem revela um domínio técnico exemplar e uma sede de experimentação genuína e constante. Do jazz ao rock, o saborear de cada território permitiu-lhe explorar, em paralelo, o sempre apetecível universo das bandas sonoras para cinema e teatro. Entre tantas frentes, ainda fundou em 2008 a OGBE (Orquestra de Guitarras e Baixos Eléctricos), numa das encarnações mais originais dos últimos anos.

    Apneia será até então o disco mais celebrado a solo, um valente e apaixonante conjunto de composições dirigidas para a guitarra acústica e num registo muito além da aparente toada folk. Parece existir sempre algo mais a desembrulhar e a denotar em cada tema, como se o guitarrista deixasse também para nós, ouvintes, esse papel de descoberta e encantamento. Motor é já o segundo álbum que Pedro Cardoso assina sob o pseudónimo de Peixe. Editado há escassos meses, traz toda a harmonia e apuro melódico que fez dele um dos maiores do nosso tempo (ao lado de Norberto Lobo ou Filho da Mãe). Ora fervilhante, ora contemplativo, estas naturezas duais complementam-se em estórias e cenas dispostas ao real imaginário de cada um. Resumidamente, a liberdade de criar, escutar e sonhar. Haverá afinal maior oferenda do que esta? NA

    .

    + info: Site | Artigo |  Bandcamp

    .

    Marco Luz-1

    .

    Marco Luz

    Tal como Peixe, Marco Luz é um virtuoso guitarrista de coração aberto para o Céu. O domínio irrepreensível sobre o instrumento justifica sentidos aplausos, no entanto, é o estado de graça das suas criações que nos faz atrair e permanecer com apego emocional ao habitat que, de um modo generoso, partilha connosco. Cores é o recente álbum de Luz, editado pela Murmürio Records, e que combina a subtileza dos detalhes com a grandiosidade melódica, patenteada ao longo dos seis temas aí reunidos. O papitar telúrico do dedilhado nas cordas aliado ao voo proporcionado pelo slide, torna essa ascensão às nuvens possível e magnânima. Um serão em que estas duas forças se encontram para partilhar numa só noite o mesmo palco. NA

    .

    + info: Bandcamp | Facebook | Murmúrio Records | Vídeo

    .

    Entrada: 6€ | Bilhetes disponíveis na Flur, Tabacaria Martins e ZDB (em noites de concerto)

    .