• CONCERTOS
  • 24 de Junho 2016

    Minta & The Brook Trout


    13465948_10153774325042831_7661020042290309112_n


    (c) Vera Marmelo

    .

    Desde cedo que Francisca Cortesão deu razões suficientes para acreditarmos na sua capacidade de criar canções eternas. Enquanto Minta, tem vindo a apurar cada momento de composição. Fá-lo rodeada de gente próxima do seu mundo, próxima de si. Bruno Pernadas, Margarida Campelo, Tomás Franco de Sousa e Mariana Ricardo (dos icónicos Pinhead Society) são os The Brook Trout.

    Este é um ano marcante para Minta. Chegando à primeira década de carreira, surge mais uma digressão pelo país e um disco novo. Desde o EP estreia You que Francisca Cortesão alinhou graciosamente um conjunto de álbuns, consolidando ideias e uma linguagem musical imediatamente reconhecível. No total temos entre mãos um longo e sólido percurso, repleto de canções bem trabalhadas e atentas aos detalhes. A delicadeza e simplicidade com que se apresentam põe à prova a melhor das veias pop. Por vezes Minta & The Brook Trout soa mais a mini orquestra de quarto, atenta a canções de embalar banhadas pelo último feixe de luz do dia, do que a uma banda, segundo o seu conceito tradicional. O tom lânguido e fluído que paira por aqui é já uma assinatura própria, propriedade escutada também no mais recente Slow, motivo desta visita à ZDB.

    Naquela é a estreia no selo nacional NorteSul / Edições Valentim de Carvalho, o conjunto das onze canções concretizam todas as polaroids sonoras desde há muito captadas por Minta. Estórias de verões tardios com cheiro a maresia e uma brisa de nostalgia compõem o fundo imaginário de Slow. A espaços, espreita-se a folk dada a road trips com destinos incertos e surgirá alguma aura dos melhores do nosso tempo: de Bill Callahan/Smog a Bonnie ‘Prince’ Billy. Um claro sentido de benção cuja beleza das ilustrações de José Feitor (já habitual colaborador) consolidam parte das sugestões imagéticas presentes nas letras. Na ZDB voltamos a encontrar-nos todos nesse acto de partilha em forma de concerto. Para sonhar e pedir por mais. NA

     

    .

    + info Site | Facebook | Bandcamp | EntrevistaNovo Single

    .

    Entrada: 8€ | Bilhetes disponíveis na Tabacaria Martins, Flur e bilheteira ZDB (em dias de concerto)

    .