• CONCERTOS
  • Segunda e Terça, 3 e 4 de Dezembro às 22h

    Kikagaku Moyo

    Surgem no seio do desassossego das ruas de Tóquio para darem a volta ao mundo enquanto embaixadores do psicadelismo contemporâneo japonês. Movidos por multi-instrumentalistas capazes de criar camadas inspiradas pelos movimentos mais experimentais do kraut de outros tempos, os Kikagaku Moyo tornaram-se numa admirável surpresa da cena psych internacional, depois de arrebatarem os críticos com o LP “House in the Tall Grass”, em 2016. Navegam pelo submundo do psicadelismo, pelas influências que atravessam incursões à esfera dos The Doors até à irreverência dos Sonic Youth, onde o krautrock se cruza com as harmonias do cancioneiro tradicional nipónico. 

    Em Abril deste ano, estabeleceram-se em Lisboa para a gravação do segundo disco, “Masana Temples” produzido por Bruno Pernadas. Não deixa de ser surpreendente, apesar de os Kikagaku Moyo sediarem as suas composições no improviso, paisagem que também não é desconhecida ao campo do jazz, no entanto, assentam na singularidade melodiosa da sítar e na felicidade que nos leva a viajar por repentinas alterações rítmicas.

    Eles deixam-nos à vontade, convidam-nos a embarcar numa nova jornada pelos mares nunca navegados de “Masana Temples”, entretanto referenciado pela Stereogum. No fundo, é um regresso à ZDB que se trata de uma inevitabilidade, num concerto que serve de reencontro, mas essencialmente de apresentação do novo trabalho. JH

    .

    + info: Facebook | Bandcamp | Tumblr | Entrevista

    Entradas: 15€ disponíveis em breve | Bilhetes disponíveis na Flur DiscosTabacaria Martins e ZDB (segunda a sábado 22h-02h) | reservas@zedosbois.org