• CONCERTOS
  • 27 de Novembro 2013

    Jarboe

    Irremediavelmente ligada ao período em que militou nos Swans, a carreira de Jarboe tem-se espraiado com uma convicção determinada e continuamente relevante, que torna bastante redutora a assumpção da artista norte-americana como a ex-vocalista da banda de Michael Gira. Tendo chegado aos Swans em 1986 – para a gravação de ‘Greed’ – foi uma das responsáveis pela depuração do som da banda para fora dos confins niilistas marcados pela no wave de discos como ‘Filth’ até à luminosidade triunfante de ‘Love of Life’ ou ‘White Light from the Mouth of Infinity’. Com a sua voz profunda a assumir uma espécie de contraponto beatífico para com o fundo do poço de onde se erguia a voz de Gira, num exorcismo simbiótico que se manteve até à (primeira) dissolução da banda em 1998, e que voltou a sentir em ‘The Seer’, editado o ano passado – apesar de não fazer parte da actual formação da banda.

    Paralelamente, Jarboe vinha já discretamente palmilhando o seu trajecto a solo, ora apostando na auto-edição, ora através de editoras tão meritórias como a Sub Rosa ou a Alternative Tentacles. Percurso esse que tem mantido até aos dias de hoje com uma actividade bastante prolifera, e de onde se destacam álbuns como Sacrificial Cake ou Anhedoniac. Sem se deter nessa sua esfera iconoclasta, Jarboe tem também encetado as mais diversas colaborações com gente tão díspar como Riz Maslen (Neotropic) ou Justin Broderick (Jesu), materializando toda a aura espiritual/assombrada da sua voz para fora de uma hipotética zona de conforto, e onde se realça esse documento pró-apocalíptico que é o disco gravado com os Neurosis.

    Para esta visita à ZDB, Jarboe surge acompanhada por P. Emerson Williams. Artista multifacetado, cujo raio de acção comporta a música, o vídeo e a escrita, e tem vindo a deixar um discreto mas imponente corpo de obra em projectos como Chorozon ou Veil of Thorns. Persona perfeita para a dimensão mística da artista, num acerto de mentes indelével para que o ritual se complete.

    .
    Entrada: 10€ | Bilhetes disponíveis nas lojas de discos Matéria Prima e Flur / reservas@zedosbois.org ou 213 430 205