• CONCERTOS
  • 20 de Fevereiro 2014

    Festival Rescaldo: 10.000 Russos | The Jack Shits

    Por motivos alheios à organização do Festival Rescaldo os concertos programados para a Trem Azul transitam para a Zé dos Bois.

    10.000 Russos
    Os 10 000 Russos são, na verdade, um duo, formado por gente com pedigree nos mais diversos quadrantes da música nacional: João Pimenta, vocalista em várias bandas da fértil cena rock do norte do país (com os Alto! em destaque), e Pedro Pestana, mentor da ‘one-man band’ Tren Go! Soundsystem. Juntos, exploram o legado de um certo psicadelismo que fez escola e lenda nas Ilhas Britânicas na década de 80, com nomes como Spacemen 3 e Loop a surgirem como referências directas, aqui temperadas por todo um imaginário, precisamente russófilo, que perpassa por títulos de canções como ‘Metalurg Aralkum’ ou ‘Lokomotiv Gobi’ e que sugere, por entre a atitude ‘garage-punk’ e o reverb que emana de percussões, voz, e guitarra, um certo carácter onírico que aponta a novos rumos.

    João Pimenta: bateria, voz, feedbacks
    Pedro Pestana: guitarra electrica, feedbacks

    + info: Bandcamp.

    .

    The Jack Shits

    ‘The Fine Art of Bleeding’, disco de estreia dos The Jack Shits, condensa na perfeição o carácter fervoroso desta reunião de três figuras de topo do ‘garage-rock’ nacional: Diogo Augusto e Samuel Silva, dos Sonic Reverends e Los Saguaros, e Nick Nicotine, escritor de canções e músico ímpar que leva consigo, habitualmente, toda uma orquestra (falamos da formidável Nicotine’s Orchestra). Um encontro, assim, de dois eixos (Marinha Grande e Barreiro) que têm concentrado em si muitas das movimentações recentes de urgência rock no país, e que aqui erigem um monumento eléctrico, suado, imediato e cru, assente numa formação cuja instrumentação precisa e enérgica consubstancia a essência do power-trio: guitarras no vermelho, suor nas peles da bateria e grão indomável na voz.

    Jack Legs: voz, guitarra
    Jack Straw: guitarra
    Jack Suave: bateria

    + info: Bandcamp

    .
    .

    Entradas: 5€; reservas@zedosbois.org