• CONCERTOS
  • 20 de Fevereiro 2015

    Equations | Killimanjaro | Marvel Lima

    Equations2_porVeraMarmelo_web.

    A partir do Porto, a Lovers & Lollypops continua, com uma obstinação bendita, a enriquecer o universo do rock feito em Portugal. Recordem-se aqui alguns nomes: Guilherme Canhão, The Glockenwise, Black Bombaim, Alto!, Jiboia, Loosers, Filho da Mãe, Duquesa. Ora, a este elenco juntem, em definitivo, os Equations, quinteto que se divide por Porto, Lisboa e Braga. É verdade, não são estreantes. Em 2012 lançaram Frozen Caravels, disco estridente, de riffs gordos e atléticos, que dava cor e dobras às geometrias do math-rock. A propósito, foi relativamente ignorado e a cada audição, é importante dizer aqui, ganha qualidades.

    Hightower, com a produção de Moullinex, é, em termos estéticos, outra história. O virtuosismo elegante da banda, o talento para compor e ligar entre si os instrumentos (como se fossem sons), o gosto pela pluralidade de ritmos permanecem intactos. O que mudou foi a personalidade. Os Equations preferem agora criar atmosferas, assumir o gosto pelas canções, explorar as harmonias vocais, brincar, num tom mais despreocupado, com os ritmos e a distorção das guitarras. Ficaram mais leves com a mesma força sónica.

    A electrónica também percorre o novo disco, delicadamente, sem, no entanto, se esconder dos riffs, no magnífico Ascent ou em Atmos-Every Thought Was a Grain. E a voz sacudiu a ansiedade de Frozen Caravels para flutuar, num falsete suave, sobre as guitarras. As comparações podiam começar aqui: Loop, Spirtitualized, Black Mountain, mas há dois elementos que destacam o quarteto destes e outros pares anglófonos: uma secção rítmica absolutamente certeira (ouça-se Flavor Trials) e uma inclinação para compor ambientes que poderíamos chamar de cinemáticos.

    Isto quer dizer que os Equations, com mais ou menos matizes novas, continuam a ser uma banda de rock, não um mero mosaico de referências. Há harmonia e invenção sem rupturas no interior desta banda. Num minuto, reina o headbanging, no seguinte, a audição contemplativa. Está tudo em SSSUUUNNN. E estará tudo neste concerto cuja primeira parte contará com os Kilimanjaro e os Marvel Lima, grupos com ligações ao Equations e à Lovers & Lollypops.

    .

    + info: Bandcamp | Lovers & Lollypops | Souncloud | Vídeo

    .

    Entrada: 6€ | Bilhete c/ Disco: 12€ | Bilhetes disponíveis na Flur e Tabacaria Martins | reservas@zedosbois.org

    .