• CONCERTOS
  • 29 de Maio 2015

    Devendra Banhart & Andy Cabic | Lau Nau | Sociedade de Geografia de Lisboa

    Sociedade de Geografia de Lisboa (Link para Google Maps)Banhart-Cabic_2014_1049x1024_by-Alissa-Anderson_web

    .

    Devendra Banhart & Andy Cabic
    Conheceram-se há mais de uma década numa livraria em São Francisco onde Cabic trabalhava. Banhart era um estudante de artes e tinha na guitarra uma paixão já distante. Quase de modo instantâneo, começaram a juntar-se para criar música, remexendo na folk, esgravatando na pop e dando valentes tragos no imaginário da contracultura norte-americana cuja cidade se tornou natural berço histórico. Dali a pouco tempo cada um teria entre mãos o seu próprio meio criativo: Cabic através dos seus Vetiver e Devendra seguindo uma carreira de sucesso a solo. Poder-se-à afirmar que assim começou esta história que agora em 2015 volta a trazer o espírito de reencontro e experimentação a dois, muitos anos e muitos discos depois e como se estivessem a partir do zero.

    Afastando-se da logística habitual das grandes digressões com actuações diárias, poucas horas de descanso e de real proveito dos locais por onde passam, os dois terminam em Lisboa um ciclo de concertos pela Europa onde possam permitir-se a desfrutar de cada momento sem pressões de maior e explorar repertório mútuo tal como versões nunca antes partilhadas. Esta incursão surge na antecipação de Complete Strangers, novo álbum dos Vetiver e já o sexto na sua discografia. Quanto a expectativas do duo, certamente haverá oportunidade de escutar clássicos de ambos, mas também de conhecer um pouco melhor as suas referências e as suas identidades. A escolha de locais mais intimistas para tocarem não é de todo alheia à natureza desta tour. Em Lisboa, será a belíssima Sociedade de Geografia de Lisboa que os irá acolher, local onde a ZDB já apresentou Bonnie ‘Prince’ Billy, Lula Pena ou B Fachada. De certo que esta será uma actuação singular, capaz de irradiar a dinâmica entre os dois músicos num serão de partilha quase familiar. NA

    .

    + info: Notícia | Vetiver | Devendra Banhart | Vídeo

    .

    11036599_10153232726418966_900756918759842526_o
    Lau Nau

    Magia branca com a estreia de Lau Nau – designação artística de Laura Naukkarinen – na programação ZDB, no que será o culminar público de uma residência de criação que a compositora finlandesa desenvolverá em Lisboa ao longo de uma semana.

    Imersa na história folclórica do seu país – profundamente mística, repleta de fábulas que se perpetuam nas amplidões -, a música de Lau Nau pertence a todos os séculos. Um círculo ritualista sem começo aparente gera-se entre a simplicidade das composições pensadas sobre essa matriz popular e uma forma muito intuitiva de exploração psicadélica, desarmante na forma como buracos e ausências tornam possível a passagem de um ponto de pensamento a outro ponto de pensamento.

    Com diversos lançamentos em editoras de referência das novas músicas marginais como a Locust, ou a finlandesa Fonal, Lau Nau ocupa um lugar à parte na canção contemporânea. Um espaço de espírito, ao qual se acede por uma escada com degraus de falésia. MP

    .

    + info: Site | Vídeo Doc | Fonal Records | Vídeo

    .

    .